www.medicna.flumignano.com
INSTITUTO FLUMIGNANO DE MEDICINA

Linha azul

NÚCLEO DE ATENDIMENTO AO OBESO
Tratamentos Clínicos e Cirúrgicos
-
Equipe Multidisciplinar Especializada -

- Equipe médica C.E.T.O.M. - Centro de Tratamento da Obesidade Mórbida

www.acimadopeso.com

O TRATAMENTO CIRÚRGICO DA OBESIDADE

    A  obesidade é uma doença que se encontra em crescimento mundial afligindo mais acentuadamente os países em desenvolvimento e pobres. A causa deste fenômeno decorre dos efeitos da transição nutricional, que significa uma passagem rápida da carência para a fartura alimentar, pois na história da humanidade nunca houve tanta oferta de alimentos a baixo custo. Os equipamentos agrícolas, a informática, a biotecnolgia e a evolução indústrial alimentícia como um todo tem conseguido produzir grandes quantidades de alimentos a preços descendentes e os comerciantes estimulam vendas progressivas através das propagandas massivas visando a satisfação do prazer imediato pelos alimentos cada vez mais doces e salgados. Desta forma o sistema econômico criou um ciclo contínuo de lucro acumulativo através do consumo de alimentos que explica a escalada progressiva da obesidade global. 

    A tecnologia digital crescente nos últimos anos facilita o sedentarismo que associado a dieta inadequada acarreta distúrbios hormonais que dão causa para comorbidades associadas a obesidade visceral como o diabetes mellitus tipo 2, hipertensão arterial, doenças ateroscleróticas, apnéia do sono, artroses de joelhos e coluna lombar e outras complicações corelacionadas como o AVC - acidente vascular cerebral e o IAM - infarto agudo do miocárdio, que estão entre as doenças que mais causam morbidades e mortalidade do mundo.  A obesidade é um grave problema de saúde pública que tende que impacta com elevados custos a sociedade e as famílias. 

    A medicina tem sido crescentemente procurada para tratar o excesso de peso e oferece um enorme e complexo conjunto de tratamentos clínicos e cirúrgicos que tem como objetivo reverter os seus efeitos deletérios para a saúde e para a vida social. O tratamento clínico da obesidade inclui, além da correção dos fatores ambientais e apoio medicamentoso com obejtivo de compensar os distúrbios dismetabólicos. 

    O prazer oral é o primeiro que ocorre no desenvolvimento do bebê e por isso está diretamento relacionado com o afeto e humor do adulto.  O cérebro confunde as carências afetivas com as carências alimentares sendo comum a compulsão alimentar periódica comum entre os obesos e passa quase despercebida. Por isso acompanhamento psicoterápico é relevante para o tratamento do obeso.

   A cirurgia bariátrica é atualmente a melhor solução para o tratamento da obesidade grau 2 e 3 que fracassaram após exaustivos tratamentos clínicos por um período mínimo de 2 anos. O índice de massa corpórea - conhecido como IMC - é calculado através da divisão do peso pelo quadrado da altura. A obesidade grau 2 é o resultado deste cálculo cujo valor seja igual ou maior que 35 kg/m² e a obesidade grau 3 é para maior ou igual a 40kg/m². Igual ou acima de 50 kg/m² já é nível de superobesidade. Para a adoção da terapia cirúrgica deverá ser ponderado o risco operatório versus o risco da doença a ser tratada. A obesidade é uma doença que estabelece fatores de riscos maiores que os eventuais  riscos da cirurgia, que a cada dia se torna mais segura. 

    A cirurgia bariátrica é realizada com acesso laparoscópico, ou seja, apenas alguns furos abdominais são necessários para passagens das cânulas. Esta técnica reduz o tempo de internação, as dores, o período de afastamento das atividades diárias e as cicatrizes são mínimas. Dentre as opções técnicas cirúrgicas destacam-se as opções restritivas, que reduzem o estômago; as desabsortivas, que diminuem a absorção dos alimentos ingeridos; e as mistas, que as associam de maneira complementar. As preferidas estão a gastroplastia pela técnica de Capella e pela técnica de Sleeve, cuja escolha deverá ser ponderada de acordo com o tipo e gravidade da obesidade e o estilo de alimentar-se.   

        De modo geral, a cirurgia briátrica conduz a resultados excelentes e se espera perda ponderal de 30-40% do peso total ou 70-80% do excesso do peso entre 12 e 18 meses. O tempo de repouso pós-operatório é em média de 5 dias seguido ao retorno ao trabalho sem esforço por 3 meses. É fortemente recomendado que o candidato(a) para a cirurgia bariátrica participe das reuinões informativas ministradas por uma equipe multidisciplinar composta por psicólogos, nutricionistas, anestesilogistas, cardiologistas, neurologistas, cirurgiões plásticos etc.  A cirurgia bariátrica não tem objetivo estético, mas depois do emagrecimento poderá ser necessário reparos através da cirurgia plástica para correções higiênicas decorrentes da flacidez e pregas cutâneas cujo custo também é garantido pelos de saúde. 

  Entre as muitos recursos tecnológicos disponíveis para avaliação do acompanhamento da saúde pré e pós operatória, nossa equipe inclui a avaliação ES-COMPLEX, equipamento médico que combina as tecnologias de pletismografia fotoelétrica, variabilidade da frequência cardíaca, bioimpedância tetrapolar e resposta sudomotora da pele que medem parâmetros fisiológicos que compõe algoritmos validados por pesquisas clínicas para o restreamento de fatores de risco cardiometabólicos. 

    Para avaliação de seu caso, consulte inicialmente o endocrinologista que caberá indicar ou não o procedimento cirúrgico para o emegrecimento. Participe, gratuitamente, do nosso Programa de Educação Continuada em Cirurgia Bariátrica para conhecer mais sobre a cirurgia bariátrica e as novidades que sempre temos para informar. É muito útil ouvir os depoimentos de quem já foi operado(a) e esclarecer todas as dúvidas sobre a cirurgia bariátrica. Mesmo aqueles que já foram operados devem permanecer frequentando as reunião informativas como complemento da manutenção pós-operatória de longo prazo.

    O tratamento bem sucedido da obesidade traz saúde e bem estar além de descortinar novos horizontes para o desenvolvimento social. Mas, para isto, é necessário que o obeso transcenda o comodismo e a resignação, acreditando na superação pessoal para mudar o destino que não mais quer para si.

    Abaixo temos um formulário para suas perguntas e um vídeo com uma entrevista no programa Cabeça para Cima ralizado em janeiro de 2016 que traz uma conversa muito útil sobre cirurgia bariátrica que vale assistir! 


ARTIGOS RELACIONADOS 

- Obesidade Infanto-Juvenil
- Conselhos Básicos para Emagrecer
- A Cirurgia Bariátrica no Diabetes tipo II
- A Dieta do Shake Herbalife® no Tratamento da Obesidade.

 

COMENTE E PERGUNTE
 SOBRE ESTE ASSUNTO

QUEIXAS TAMBÉM !

Escreva seu nome inteiro
 e telefones para contato.

Seu e-mail para resposta

COMENTE e PERGUNTE

Cite o assunto:
CIRURGIA BARIÁTRICA

Obrigado e aguarde a resposta.
Apreciamos sua participação em nosso site.

 


ES-COMPLEX

Banner Cetom


  

 

Logo Facebook

PÁGINA INICIALBIBLIOTECA VIRTUAL | AVISO MÉDICOAGENDAMENTO ON WEB | EQUIPE MÉDICA MULTIDISCIPLINAR 
 NÚCLEOS DE ATENDIMENTOS ESPECIALIZADOS | EDUCAÇÃO EM SAÚDE FLASH  

Linha azul