www.flumignano.com
INSTITUTO FLUMIGNANO DE MEDICINA

logoifm.gif (2913 bytes)
Registrado no Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro sob o nº 52.1063219

O TRATAMENTO CIRÚRGICO DA OBESIDADE NO DIABETES TIPO II

Dr. Izidoro de Hiroki Flumignan - crm 5245054-3
izidoro@flumignano.com

Há um aumento exponencial do risco de diabetes com o excesso do peso sendo que aproximadamente 90% dos diabéticos tipo II sofrem de obesidade ou de sobrepeso. Segundo o Consenso Latino-Americano de Obesidade o risco de diabetes está aumentado em dez vezes nos obesos grau III também chamados de mórbidos. A taxa de mortalidade dos obesos é de 12 vezes maior nas pessoas entre 25 à 40 anos de idade quando comparadas com as de peso normal e tende a aumentar ainda mais se o diabetes estiver associado. O sedentarismo e a ingesta excessiva de calorias são os desencadeadores da pré-disposição genética e o obeso não é culpado por sua doença, que foi geneticamente estabelecida, mas poderá sentir-se assim se negligenciar o tratamento. O tratamento do obeso grau III deve envolver um plano dietético, de exercícios e de medicamentos. As estatísticas demonstraram que o tratamento clínico da obesidade grau III é na maioria das vezes ineficaz devido à necessidade de grande tolerância ao prolongado esforço para alcançar e manter o peso aceitável. O emagrecimento só é válido se for a longo prazo sendo prejudicial sucessivos emagrecimentos temporários que desestabilizam o metabolismo. Uma das principais vantagens da técnica cirúrgica da obesidade, chamada de bariátrica, é de facilitar o emagrecimento a longo prazo sem esforços sacrificantes. A seleção dos pacientes obesos diabéticos para a cirurgia bariátrica exige IMC igual ou maior 35 com pelo menos 2 anos de tratamento clínico sem sucesso, realizados por profissionais qualificados. Havendo indicação técnica protocolar da cirurgia o paciente deverá passar por exames complementares, explicações técnicas-cirúrgicas, instruções nutricionais e preparo psicológico. Especificamente para os diabéticos tipo II, a cirurgia bariátrica poderá trazer a normalização glicêmica, ou seja, uma exteriorização da “cura” do diabetes, que poderá ser temporária ou permanente, pois a redução da massa adiposa excessiva diminui a resistência insulínica e a produção hepática da glicose acarretando preservação das células beta pancreática por mais tempo. O estudo do Swedish Obese Subjects, realizado por Torgerson e col. publicado em 2001, que comparou, por 10 anos, pacientes obesos diabéticos submetidos a cirurgia bariátrica com os de tratamento convencional e concluiu que a redução de peso alcançada em dois anos no grupo cirúrgico determinou uma incidência 32 vezes menor de diabetes e 5 vezes menor após oito anos quando comparados com os do grupo de tratamento convencional. Os estudos de Shineider e col. publicados em 2005 na revista Diabetes Care-EUA mostrou que a maioria dos diabéticos tipo II submetidos a cirurgia bariátrica apresentaram melhoras do controle glicêmico sendo que a remissão da hiperglicemia chegou de 50 à 98% nos diversos grupos estudados. Outras co-morbidades comumente presentes nos diabéticos obesos como a hipertensão arterial e dislipidemia também apresentam melhoras significativas com o emagrecimento. Para os obesos tipo III não diabéticos, porém com ascendentes diabéticos, o emagrecimento poderá prevenir seu aparecimento. Portanto, podemos concluir que a cirurgia bariátrica é uma boa opção para o tratamento dos obesos grau III com risco hereditário para o diabetes e para os obesos com IMC igual ou maior que 35, pré-diabéticos ou diabéticos tipo II, devido a redução dos potenciais das complicações e melhoria da qualidade de vida.

Dr. Izidoro de Hiroki Flumignan, crm 52.45054-3, atualizado em 29/01/2010

 

COMENTE E PERGUNTE
 SOBRE ESTE ASSUNTO

Escreva seu nome inteiro
 e telefones para contato.

Seu e-mail para resposta

COMENTE e PERGUNTE

Obrigado e aguarde a resposta.
Apreciamos sua participação em nosso site.

 

ASSUNTOS RELACIONADOS

- A Obesidade Infanto-Juvenil
- Tratamento Cirúrgico versus Tratamento Clínico para a Obesidade
- A Dieta do Shake para Emagrecimento
- Os Fundamentos da Dieta do Diabetes tipo 2
- A Dieta do Colesterol

 

 

 

  PÁGINA INICIALAGENDAMENTO ON WEB | EQUIPE MÉDICA | NÚCLEOS DE ATENDIMENTOS | EDUCAÇÃO EM SAÚDE FLASH
 NÚCLEO DE ATENDIMENTO AO DIABÉTICO | NÚCLEO DE ATENDIMENTO AO OBESO