www.medicina.flumignano.com
INSTITUTO FLUMIGNANO DE MEDICINA

Logo IFM


" Mais que profissão, a medicina para nós é missão."

Linha azul

CONSELHOS BÁSICOS PARA EMAGRECER
Dr. Izidoro de Hiroki Flumignan - crm 5245054-3

    A obesidade é uma doença poligênica desencadeada pelos fatores ambientais decorrentes da ingestão des excessos calóricos. Ainda não possui cura e o objetivo terapêutico é conseguir o melhor controle. Existem muitas evidências estatísticas confirmadas pelas pesquisas médicas em todo o mundo mostrando que as pessoas com peso normal tem sobrevida maior do que as pessoas com excesso de peso.

    A identificação dos genes causadores da obesidade está sendo cada vez mais documentada. Porém, muitas vezes a obesidade pode não ser a própria doença mas sim um "sintoma" de outra doença que acarreta aumento ponderal. Como exemplo, a obesidade pode ser um sintoma do hipotiroidismo, do hipercortisolismo e mais comumente um transtorno alimentar. Deste, o mais comum, a compulsão alimentar periódica. Neste caso, os mecanismos psiconeuroendocrinológicos desregulam a relação humor-fome-saciedade-hormônios acarretando distúrbios do peso corporal. Estes mecanismos muitas vezes estão associados a expressão clínica da ansiedade e da depressão que dificultam o tratamento médico se junto não houver a terapia psicológica concomitante. A compulsão alimentar é uma condição comum de difícil controle voluntário cujo inconsciente muitas vezes se faz esquecer.  

    É extremamente relevante estabelecer o diagnóstico etiológico da obesidade de cada pessoa para que seja traçado um plano eficaz para redução do peso. 
É função do médico  estabelecer a etiologia e tratar a obesidade através de um plano de ação na maioria das vezes com uma equipe multidisciplinar, que envolve o endocrinologista, o nutrologista e o psicólogo.

    O tratamento da obesidade é complexo pois a fome e a saciedade estão profundamente relacionados aos nossos instintos de sobrevivência e de compensações do sistema neurohumoral do afeto, o que torna a dieta restritiva pouco tolerável a médio e longo prazo.  A visão médica atual considera relevante o uso de medicação para o controle da obesidade, assim como se faz para o tratamento do diabetes ou da hipertensão. 

    Existem centenas de dietas diferentes mas as melhores são aquelas que associam a sua filosofia de vida ao estilo de alimentar. Os nutrientes precisam ser distribuídos ao longo do dia em refeições fracionadas e em horários regulares. Este simples conselho reduz eficazmente a fome e melhora a tolerância cerebral para o novo peso corporal. Muitos obesos relatam que comem pouco e não emagrecem. Em parte isto é verdade, na medida que o excesso de peso pode ser comparado a uma represa de água, que depois de cheia pouco fluxo a mantém repleta.

    Para iniciar um processo de emegrecimento eficaz é necessário o apoio de uma equipe multidisciplinar especializada para este fim. Iniciativas sem apoio profissional quase sempre fracassam. Quanto aos alimentos, conselhos óbvios são necessários para todos, como a organização do cardápio, da geladeira e das compras do supermercado. Folhas, legumes, carnes magras, gelatinas, pudins e refrigerantes dietéticos compõe básico para qualquer dieta saudável.

   
Lembre-se que a fome causa mais vontade de comer, portanto é inimiga do processo de emagrecimento. Faz parte do comportamento alimentar adequado que as refeições sejam sempre iniciadas com grandes saladas de folhas verdes temperadas, à gosto. As folhas não são absorvidas pelo aparelho digestivo humano fazendo um grande volume fibroso, o que facilita o trânsito intestinal. Depois siga com os legumes, depois as carnes e deixe os cereais por último, pois possuem mais carboidratos. Prefira tudo integral, coma frutas e evite os doces. Não tome suco de frutas nem refrigerantes comuns pois ocasionam uma elevada resposta insulínica que a longo prazo é uma das causas da esteatose hepática e aumento da circunferência abdominal.

  Muito cuidado com o aumento circunferência abdominal pois está relacionado com a síndrome metabólica que é a associação entre esteatose hepática, diabetes mellitus tipo 2, hipertensão arterial e dislipidemia. Veja com atenção a dieta do baixo índice glicêmico.

    Prefira sempre os produtos naturais fibrosos. A polpa do açaí é nutritiva, de baixa caloria, porém, o “xarope” de guaraná tem muito açúcar e precisa ser evitado. O guaraná em pó e o café são ótimos estimulantes e possuem calorias reduzidas. 
Use somente produtos lácteos desnatados e cereais integrais. Considere que os pudins, mesmo os dietéticos, são feitos de leite. Um copo de 200 ml de leite desnatado tem cerca de 90 calorias, que equivale a aproximadamente 30 minutos de exercícios.
   
    Não pode sair da dieta mesmo nos finais de semana, pois isto fará disperdiçar as conquistas dos dias anteriores. Qualquer bebida alcóolicas possui muitas calorias e são dispensáveis para a nutrição humana. A cerveja, entre elas, é a mais devastadora delas pois é rica em carboidratos e geralmente se bebe em grandes volumes. Há uma tendência que cerveja, no futuro, seja considerada tão ruim para a saúde quanto o fumo. 

    A medicina tem recursos de reduzir o excesso de peso de todas as pessoas, na dependência do quanto cada um quer se empenhar no tratamento. O balão intragástrico não tem boa eficácia no emagrecimento pois cerca de 80% dos pacientes retornam ao peso habitual após um ano após sua retirada. Já a cirurgia bariátrica tem excelente resultados a longo prazo e tem sido cada vez mais prestigiada como terapia médica eficaz para as obesidades e suas comorbidades, entre elas, a reversão do diabetes tipo 2. Novas tecnologias estão chegando como a bariátrica endoscópica e a EndoBarrier.     

    As dietas costumam falhar pois são intoleradas por longo prazo sem apoio médico e psicológico. Não se trata de vontade fraca ou de voracidade alimentar. Trata-se de um conjunto complexo de causas e efeitos que estão relacionados ao bem estar, a saúde e a felicidade. Lembre-se que a chave do tratamento eficaz é o correto diagnóstico etiológico da sua obesidade que somente pode ser feito pelo seu médico e o seu empenho no tratamento estabelecido.


 

COMENTE E PERGUNTE
 SOBRE ESTE ASSUNTO

Escreva seu nome inteiro
 e telefones para contato.

Seu e-mail para resposta

COMENTE e PERGUNTE

Obrigado e aguarde a resposta.
Apreciamos sua participação em nosso site.

 

Dr. Izidoro de Hiroki Flumignan - crm 5245054-3
izidoro@flumignano.com

Assuntos de interesse relacionado:

 A Dieta do Shake Herbalife.
 A Dieta do Ácido Úrico.
 Dieta do Colesterol.
Fundamentos da Dieta do Diabético.

Tratamento Hormo-Enzimático para Gorduras Localizadas.

 


 PÁGINA INICIALEQUIPE MÉDICA | NÚCLEOS DE ATENDIMENTOS | EDUCAÇÃO EM SAÚDE FLASH
NÚCLEO DE ATENDIMENTO AO DIABÉTICO | NÚCLEO DE ATENDIMENTO AO OBESO

Linha azul